Em resumo SQL é uma linguagem, um conjunto de instruções, para se comunicar com um banco de dados. As consultas em grande maioria são feitas em tabelas. E basicamente consiste em localizar, alterar, apagar e inserir.

São estes quatro comandos que vou listar aqui. Os comandos mais simples em geral são interpretados em qualquer banco de dados, seja ele MySQL, Access, Oracle, SQL Server.

Inserir dados:

INSERT INTO nome_da_tabela (nome_da_coluna_1,nome_da_coluna_2) VALUES(15,'valores');

Você começa dizendo o que vai fazer INSERT INTO, ou seja, inserir em “nome_da_tabela“. Em seguida diz quais colunas da tabela receberão valores, e para terminar mostra quais serão os valores VALUES.

Atualizar dados:

UPDATE nome_da_tabela SET nome_da_coluna_1 = 22, nome_da_coluna_2 = 'novos valores';

Aqui também começamos informando o que iremos fazer UPDATE e o nome da tabela que será atualizada. Em seguida informamos quais campos receberão novos valores através do SET.

Apagar dados:

DELETE FROM nome_da_tabela;

Mesma coisa dos anteriores, começa informando o que irá fazer DELETE FROM e o nome da tabela que terá seus dados apagados.

Localizar dados:

SELECT nome_da_coluna_1, nome_da_columa_2 FROM nome_da_tabela;

Este começa um pouco diferente, e quando analisarmos suas funções mais a fundo veremos que este comando oferece muito mais recursos que os anteriores.

Se começa informando quais colunas você quer encontrar resultados. SELECT e o nome das colunas, ou caso deseje todas use o atributo (*). Logo após o nome das colunas informe de qual tabela vem os dados FROM tabela.

O básico é isso. Nos próximos posts quero apresentar mais a fundo cada uma delas. E um recurso muito importante, a cláusura WHERE, que pode ser usada nos comandos UPDATE, DELETE e SELECT.

 

Sobre o Autor

MarioSAM é faixa preta 2Dan de Taekwondo. Entusiasta do marketing online. Especulador do mercado financeiro. Projetista web com certificação SCJP da SUN. Com 10 anos de experiência em desenvolvimento de sistemas.